A CONDUÇÃO DOS OUTROS: A INSTITUCIONALIZAÇÃO DO PASTORADO NA IGREJA CATÓLICA

Cícero Edinaldo Santos

Resumo


O pastorado pode ser visto como uma analogia representacional da condução humana, pautado na tríade “pastor, ovelha e rebanho”, a pretexto de promover a salvação. A partir de contribuições interdisciplinares entre a Filosofia e História da Religião, bem como da perspectiva genealógica, este artigo tem o objetivo de compreender o processo de institucionalização do pastorado na Igreja Católica. Assinala que esse processo foi marcado por uma ressignificação das relações entre “pastor, ovelha e rebanho”, bem como a sistematização e hierarquização da própria Igreja Católica. Considera que, ao longo do tempo, as estratégias de poder pastoral, juntamente com os artifícios de saber, tenderam a impor modos de existência, pautados na obrigação e obediência. A vontade de salvação se tornou condição para que o indivíduo se reconhecesse como “ovelha” e, além disso, para que ele se sentisse incapaz de encontrar a salvação sozinha, sendo dependente das ações do pastor e identificado com o seu “rebanho”.


Texto completo:

PDF

Referências


BÍBLIA. Português. Bíblia Sagrada. São Paulo: Edição Claretiana, 2007.

BLAINEY, Geoffrey. Uma Breve História do Cristianismo. Curitiba: Editora Fundamento, 2012.

BRITO, Joaquim Maria Rodrigues de. Filosofia da História do Cristianismo. Lisboa: Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2004.

CANDIOTTO, Cesar. Foucault e a Crítica da Verdade. Belo Horizonte: Autêntica Editora; Curitiba: Champagnat, 2010.

CARVALHO, Alexandre Filordi de. Foucault e a função-educador: sujeição e experiências de subjetividades ativas na formação humana. Ijuí: Ed. Unijuí, 2010.

DELEUZE, Gilles. Foucault. São Paulo: Brasiliense, 2005.

DREYFUS, Hubert; RABINOW, Paul. Michel Foucault: uma trajetória filosófica. Para além do estruturalismo da hermenêutica. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995.

EIZIRIK, Marisa Faermann. Michel Foucault: um pensador do presente. Ijuí: Ed. Unijuí, 2005.

FAMERÉE, Joseph. O corpo, caminho de Deus. A problemática. In. GESCHÉ, Adolph; SCOLAS, Paul (orgs.) O Corpo, Caminho de Deus. São Paulo: Edições Loyola, 2009. p. 13-33.

FOUCAULT, Michel. História da Sexualidade I: A Vontade de Saber. Rio de Janeiro: Edições Graal, 1988.

______. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 1992.

______. Segurança, Território, População: Curso dado no Collège de France (1977-1978). São Paulo: Martins Fontes, 2008.

______. A Ordem do discurso: aula inaugural no Collège de France, pronunciada em 2 de dezembro de 1970. 24ª ed. São Paulo: Edições Loyola, 2014.

GESCHÉ, Adolphe. A Invenção cristã do corpo. In. GESCHÉ, Adolph; SCOLAS, Paul (orgs.) O Corpo, Caminho de Deus. São Paulo: Edições Loyola, 2009. p. 35-79.

GONZÁLEZ, Justo L. Uma História do Pensamento Cristão. Vol. 1: Do início até o Concílio de Calcedônia. São Paulo: Cultura Cristã, 2004.

______. A Era dos Mártires. Uma história Ilustrada do Cristianismo. Vol. 1. São Paulo: Vida Nova, 1980.

HURLBUT, Jesse Lyman. História da Igreja Cristã. São Paulo: Editora Vida, 1979.

PINSKY, Jaime. As Primeiras Civilizações. 25ª ed. São Paulo: Contexto, 2011.

TOYNBEE, Arnold. A História e a Religião. Rio de Janeiro: Editora Fundo de Cultura, 1960.

TILLICH, Paul. História do Pensamento Cristão. 2ª ed. São Paulo: ASTE, 2000.

VEYNE, Paul. Foucault: seu pensamento, sua pessoa. Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Cícero Edinaldo Santos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Interdisciplinar Encontro das Ciências - RIEC | ISSN: 2595-0959 |

Faculdade Vale do Salgado

Rua Monsenhor Frota, 690

Bairro Centro | CEP: 63430-000 | Brasil, Icó-Ceará

Telefone: +55 88 3561-2760

E-mail: riec@fvs.edu.br